(Source: chrisidk, via departured)

(Source: tumblr.com, via retratou)

(Source: insttagram, via departured)

“Claro que eu vou te machucar. Claro que você vai me machucar. É claro que vamos machucar uns aos outros. Mas esta é a própria condição de existência. Para se tornar primavera, significa aceitar o risco de inverno. Para tornar-se presença, significa aceitar o risco de ausência.”

O Pequeno Príncipe. (via concludida)

(Source: inverbos, via desistin-do)

“Existem tantos sorrisos chorando por ai.”

Anderson Babinski. (via poetizadora)

(Source: resignei, via poetizadora)

“Um milhão vezes zero é zero. Não coloque sua intensidade onde não tem nada.”

Tati Bernardi.  (via poetizadora)

(Source: futura-esposa, via poetizadora)

“Todo mundo já teve um amor e um peixe de aquário que morreu na primeira semana.”

Gabito Nunes.   (via poetizadora)

(Source: s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r, via poetizadora)

(Source: princessporra)

(Source: afterstories, via khoryy)

“— O álcool é um veneno.
— Se é um veneno, porque você continua tomando?
— Porque existem coisas dentro de mim que precisam ser assassinadas.”

Charlie Harper.  (via endorfinar)

(Source: prestigiador, via endorfinar)

“Mas, sei lá, amar deve ser isso, né? Querer dividir a cama, a coberta, o travesseiro, a casa, a vida. Amar deve ser você querer se declarar no meio do horário de trabalho, receber uma ligação no meio da madrugada e até escolher o nome dos filhos sem nem tê-los feito ainda. Amar deve ser, afinal, cometer loucuras à dois, fazer coisas à dois, mas na verdade, ser apenas um só.”

Giulia Mainardi. (via acrescentada)

(Source: quesejadoce-sempre, via acrescentada)